PESQUISAR CONTEÚDOS

Carregando...

quarta-feira, 2 de junho de 2010

REVITALIZAÇÃO DA AVENIDA CÂNDIDO DE ABREU - CURITIBA

PROJETO PARA A COPA DE 2014 EM CURITIBA

Avenida Cândido de Abreu terá ônibus Ligeirão e calçadão para pedestres.
A avenida Cândido de Abreu, no Centro Cívico, será revitalizada para receber a passagem do novo ônibus Ligeirão Boqueirão/Centro Cívico e ganhará um calçadão para pedestres.
Os recursos para o projeto, R$ 4,9 milhões, estão no PAC da Copa e foram garantidos nesta semana após encontro do prefeito Beto Richa com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo. "Esta importante avenida será repaginada e terá as condições melhoradas para trânsito, transporte e também para os pedestres", disse Richa.As pistas preferenciais para os ônibus serão instaladas ao lado do calçadão que será construído na Cândido de Abreu. O calçadão irá da Praça Dezenove de Dezembro à Praça Nossa Senhora de Salete, numa extensão de 930 metros, que equivale ao calçadão da Rua XV de Novembro.
A largura dos calçadões poderá variar de 9,4 metros (nos locais onde houver estações-tubo) a 15 metros (onde houver apenas calçadão).O calçadão e as calçadas laterais da avenida, que também serão revitalizadas, terão pista tátil para facilitar a acessibilidade de pessoas com deficiência visual. O calçadão também terá espaços para convivência e instalação de quiosques para café.
Ao longo do boulevard da Cândido de Abreu, os cruzamentos terão pistas elevadas, melhorando a segurança e facilitando a mobilidade de pedestres. Nestes pontos, obrigatoriamente, os veículos deverão reduzir a velocidade para passar pelo cruzamento."O projeto da avenida Cândido de Abreu reforça a prioridade que a cidade dá, em seu planejamento, ao transporte coletivo e aos deslocamentos dos pedestres e atende ao que está previsto no Plano Municipal de Mobilidade Urbana e Transporte Integrado, aprovado pelo Conselho da Cidade de Curitiba", diz o presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, Clever Almeida.O Ligeirão terá uma estação em frente ao Shopping Mueller e outra em perto da Prefeitura. A nova linha Ligeirão Boqueirão/Centro Cívico terá menos pontos de parada, diminuindo o tempo do percurso do bairro ao Centro.
Paralelas ao calçadão, estarão as pistas preferenciais para os ônibus das Linhas Diretas. Os ligeirões terão prioridade sobre os ligeirinhos e poderão ultrapassá-los neste trecho. As demais linhas de ônibus serão mantidas.Curitiba garantiu nesta semana pelo menos R$ 152,9 milhões do PAC da Copa para obras de mobilidade, visando a melhorar a infraestrutura da cidade para a Copa do Mundo de 2014. O Governo Federal ainda avalia a inclusão do Metrô Curitibano no PAC da Copa, com investimento de R$ 1,44 bilhão.Além do investimento na revitalização da Cândido de Abreu, dos R$ 152 milhões, serão destinados R$ 68,2 milhões para o Sistema Integrado de Mobilidade: R$ 58,2 milhões para Curitiba e R$ 10 milhões para a Região Metropolitana; e R$ 79,8 milhões de investimentos para a ligação Aeroporto-Rodoviária, com a revitalização da Avenida das Torres.No caso da Avenida das Torres, a Prefeitura ainda fará uma análise técnica e econômica da possibilidade de relocação das torres de alta tensão, localizadas no canteiro central da avenida. Richa também pediu um estudo quanto à possibilidade de o Governo Federal garantir recursos de R$ 15 milhões para a reforma da rodoviária de Curitiba.
O Sistema Integrado de Mobilidade prevê prioridade para os ônibus nos semáforos; uso de câmeras de circuito fechado de televisão para monitoramento do transporte coletivo e do trânsito em tempo real; painéis eletrônicos informando aos motoristas as condições das principais vias; mais rapidez em operações de emergência de trânsito, câmeras nos ônibus, estações-tubo, terminais e canaletas com um novo sistema de segurança no transporte coletivo; novo sistema de informação aos passageiros; aprimoramento das análises de tráfego e de condições ambientais, além de outros componentes.

Nenhum comentário: