PESQUISAR CONTEÚDOS

Carregando...

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Crises Econômicas




Crises econômicas sempre fizeram parte do financiamento da economia, relação mundo, mas poucas são comparavéis ao que está ocorrendo nesse momento.






Frase: Problemas globais, requerem soluções globais.

[Presidente Luís Inácio Lula da Silva]





1929 - Crasch na Bolsa de Nova York. Fez vários países adotarem medidas protecionistas para proteger suas economias.

BRASIL - No Brasil repercutiu também, pois houve a necessidade de fazer redução na expectativa de exportação do café. Todas as crises econômicas externas que o Brasil teve, era crise por falta de dólar. Faltar dólar para o Brasil quitar as suas dívidas.





1973 - Houve devasto choque do petroléo. Com a guerra do "Yom Kippur do Petroléo". A OPEP - [Organizações dos Países Exportadores de Petroléo] decide cancelar a exportação de petroléo. Para países que apoiaram Israel no conflito com o Egito e a Síria. Como resultado os preços de produtos derivados do petroléo quadriplicaram.




BRASIL - No Brasil, o efeito foi sentido na desaceleração do crescimento iniciado com o chamado milagre econômico que passou de 9% para 4,6% em 1978.



1979 - Teve o 2º Choque do Petroléo - No Irã, líder radical que assumiu o poder passou à controlar a produção de petroléo, ocasionando uma segunda disparada nos preços dos barris de petroléo. O valor do barril do petroléo chegou à custar US$ 40,00 na êpoca.

BRASIL - No Brasil, houve aumento nos preços dos combustiveis.


1982 - Crise da Dívida. O México se atola em uma crise, que acaba ficando afetando vários outros países.



1987 - Crasch de 1997.



1997 - Crise da Ásia nas Bolsas de Valores de Hong Kong.



1998 - Crise da Rússia.



2001 - Crise do Terrorismo do dia 11 de Setembro de 2001. Afetando parcialmente o mercado de turismo e de aviação aérea.



2008 - Crise Imobiliária. A crise que afetou o mercado financeiro dos EUA, teve a sua origem nas hipotecas americanas. Com baixo juros e boas condições de financiamento muitas pessoas compraram imovéis, achando que consiguiria pagar porque ganham bem, com isso acabaram não consiguindo pagar as prestações e foi acumulando dívidas, se endividaram. Os juros e a economia desaqueceu e com isso a inadiplência aumentou. O efeito sobre a economia foi a primeira recessão global.



* O SUBPRIME que fez os EUA quebrar para financiar as casas.
***
NOTA: Tanto em Economia, quanto em Finanças, não existe algo politicamente correto. O que existe são estatísticas e que são determinadas pelo mercado. E mercado é o sistema que é formado pelos que querem comprar e vender produtos ou serviços. Mercado pode ser definido como o encontro da oferta e da demanda por bens e serviços. Mercado é um espaço de fluxos em que é determinado pela concorrência e regido pelos preços; tanto que: "Os preços sobem porque os custos subiram. E se os custos subiram é porque se esta vendendo menos. E se esta se vendendo menos é porque os preços estão altos." Em Economia, Finanças, uma coisa liga à outra. Tudo é relativo.

***
Spread Bancário: É a margem entre o custo de captar dinheiro e a taxa cobrada pelos bancos ao emprestar dinheiro ao cliente. Também pode ser conhecido como a diferença entre os jutos pagos pelos bancos e os juros captados ao conceder empréstimos.




Luciano - Copyright © 2009

Nenhum comentário: