PESQUISAR CONTEÚDOS

Carregando...

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Mini-Cooper - BMW

Mini-Cooper - HUMM... Gostei desse carro;
é semelhante ao carro do MR Bean, mas não só por isso, também pelo seu tamanho e pelo seu desenho, de dar impressão de ser antigo.



Mini-Cooper versão do R56 MINI Cooper


MINI é tanto o nome de uma subsidiária da BMW, quanto o nome do modelo por ela produzido.


Sua proposta é de estilo "retro", inspirada no Mini original que foi produzido pela British Motor Corporation e seus sucessores de 1959 a 2000. A fim de distinguir o novo modelo do antigo, o novo modelo passou a se denominar MINI (com letras maiúsculas).


O Mini-Cooper é uma releitura do ícone inglês MINI Morris, lançado no final da década de 50, o MINI finalmente chega ao Brasil, em três versões.


Projeto do Mini-Cooper


O MINI Cooper é um compacto premium que foi lançado em 2001, já sob a tutela da BMW, e passou por uma grande reformulação em 2006, com o lançamento da segunda geração. Segundo a montadora, o carismático modelo tem como principais concorrentes o Audi A3, o Mercedes-Benz Classe B e o Volvo C30. Embora não assuma publicamente, porém, o MINI também irá canibalizar compradores do BMW .



No mundo dos automóveis, os fabricantes tendem a desenvolver um modelo de carro e depois fazê-lo evoluir, reinventando-o depois de alguns anos para refletir as necessidades de mudanças e desejos do mercado consumidor. Em alguns casos, um projeto de modelo de carro segue adiante de forma que permanece relativamente intocado por décadas. Esse carro pode abarcar uma legião fiel de fãs e entusiastas, cuja paixão pelo modelo pode parecer, para quem vê de fora, ir bem além das qualidades do próprio carro.



Na Inglaterra, o Mini é um desses carros. Assim como aconteceu com o Volkswagen Fusca, o design do Mini teve poucas mudanças em todos os 40 anos nos quais esteve em produção. Depois, em 2000, o Mini se transformou no MINI Cooper, um carro que prometia seguir os passos do Mini original. Neste artigo, examinaremos a história dessa notável pequena máquina. Vamos ver como o MINI foi evoluindo em uma série de pequenas mudanças e algumas grandes transformações, e também analisaremos a cultura que surgiu em torno desse carro.

A história do Mini começa em 1957, quando Leonard Lord, presidente da British Motor Corporation (BMC), decidiu desenvolver um carro pequeno confiável e eficiente para os consumidores. Naquela época, a Inglaterra estava no meio de uma crise de petróleo e carros econômicos eram uma necessidade. A maioria desses carros tinha motores abaixo de 700 cm3 (centímetros cúbicos) e eram chamados de microcarros (também conhecidos como "bubble cars" ou "carros-bolha"). A maior parte foi produzida na Alemanha, e eles normalmente eram difíceis e perigosos de dirigir. Lord deu ao projetista de automóveis Alec Issigonis a tarefa de criar um carro inglês que coubesse em uma caixa de aproximadamente 3 m de comprimento, por 1,2 m de largura e 1,2 m de altura. Além disso, o espaço para passageiros no carro tinha que englobar 60 % do comprimento do veículo.

Luciano - Copyright © 2009

Nenhum comentário: